monoclonal-antibodies

Os anticorpos monoclonais têm em comum a estrutura e a forma de obtenção (anticorpo), mas têm mecanismos de acção muito diferentes. Podem ser usados isoladamente (associados ou não a quimioterapia citostática ou radiação) ou como veículo de radioisótopos ou produtos tóxicos. O rituximab foi o primeiro a ter indicação aprovada e usa-se no tratamento do linfoma não Hodgkin CD 20+(linfoma de células B). O trastuzumab é usado no carcinoma da mama Her2+; o alentuzumab é usado na leucemia linfática crónica CD 52+. Anticorpos como veículo de radioisótopos são ibritumomab no linfoma não Hodgkin CD 20+, o tositumomab no linfoma não-Hodgkin CD 20+. O bevacizumab – inibidor da angiogénese por via da sua ligação ao VEGF – é usado no carcinoma colorrectal metastizado (e também na mama, pulmão e rim). O cetuximab tem sido utilizado no tumor do cólon e nos carcinomas de cabeça e pescoço em associação a RT.
O panitumomab tem sido usado no carcinoma colorrectal metastizado.

Algumas Etiquetas


cirurgia de hemorroida,cricotomia,herpes génital,fissura anal,radioterapia,trinitrato de glicerina,urticaria,leucocitos 14000,meralgia parestésica,cirurgia de hemorroidas.

Tambem podera gostar -