pílulas
Contra-Indicações Relativas dos Contraceptivos Orais

— Amamentação e parto ocorrido há mais de 6 semanas mas menos de 6 meses.
— Parto há <21 dias em puérperas que não amamentam (aumento do risco de trombose materna aquando da exposição a contraceptivos orais nas primeiras 3 semanas após o parto). — Mulheres com 35 ou mais anos que fumem menos de 15 cigarros/dia. — HTA controlada (HTA gestacional só por si não contra-indica os contraceptivos orais). — Dislipidemias conhecidas e consideradas como factor de risco para doença cardiovascular. — Mulheres com enxaqueca, sem aura, em qualquer idade. — Neoplasia da mama há mais de 5 anos e sem evidências de recidiva. — Doenças da vesícula biliar quando em tratamento médico ou sintomáticas (colecistectomizadas ou com litíase biliar assintomática não têm contra-indicação). — História de colestase relacionada com contraceptivos orais (antecedentes de colestase relacionada com gravidez não contra-indica o seu uso). — Cirrose hepática compensada.

Algumas Etiquetas


cirurgia de hemorroida,cricotomia,herpes génital,fissura anal,radioterapia,trinitrato de glicerina,urticaria,leucocitos 14000,meralgia parestésica,cirurgia de hemorroidas.

Tambem podera gostar -