paquete-papanicolau-guadalajara
Recomendações na Prescrição de Contraceptivos Orais

– Na maioria das utentes a 1.ª escolha poderá passar por um contraceptivo oral de baixa dosagem estrogénica (20 a 35 ug de EE (etinilestradiol).
– As pílulas trifásicas têm maior incidência de efeitos secundários relacionados com as dosagens de estrogénios.
– Os efeitos secundários associados aos estrogénios, como tensão mamária, náuseas, aumento de peso ou alterações do humor são bastante menos frequentes com os contraceptivos de baixa dosagem de etinilestradiol (15 a 20 (ig).
– Na persistência da tensão mamária, apesar da redução de EE, substituir por composto com maior actividade progestagénica, como os contraceptivos com levonorgestrel.
– A hemorragia intermenstrual pode ocorrer com qualquer contraceptivo durante os primeiros três ciclos.
– Hemorragia anormal ocorre na 2.ª fase do ciclo (quantidade insuficiente de progestagénio para manter o endométrio secretor nesta fase). Opção de tratamento: transição para um contraceptivo trifásico que apresenta doses crescentes de progestagénio.
– Hemorragia anormal ocorre na 1.ª fase do ciclo (quantidade de estrogénio insuficiente).
Opção de tratamento: aumento na dosagem de EE.
– Situações com concomitante necessidade de tratamento de manifestações androgénio-dependentes (acne, seborreia, alopecia androgénica e formas ligeiras de hirsutismo): optar por contraceptivo com progestagénio de propriedades anti-androgénicas, como é o caso da ciproterona.

Algumas Etiquetas


cirurgia de hemorroida,cricotomia,herpes génital,fissura anal,radioterapia,trinitrato de glicerina,urticaria,leucocitos 14000,meralgia parestésica,cirurgia de hemorroidas.

Tambem podera gostar -