0010545058N-1920x1280

Em RT externa a dose total é administrada em pequenas fracções diárias, durante um período que pode ir de alguns dias a várias semanas. Esta prática surgiu da constatação da possibilidade de se obter boas taxas de cura com efeitos secundários pouco significativos. A administração de pequenas fracções separadas por um intervalo mínimo de seis horas permite a recuperação dos tecidos sãos sem comprometer o controlo tumoral.
A administração numa determinada zona do organismo de uma dose eficaz, minimizando a irradiação dos tecidos sãos é possível, recorrendo ao uso simultâneo de várias portas de entrada do feixe de tratamento e usando diversos modificadores do feixe que permitem proteger certas zonas ou modificar a distribuição de dose em profundidade.
As tecnologias actualmente disponíveis para o diagnóstico imagiológico, nomeadamente a TC, a RM e PET (tomografia por emissão de positrões) em conjunto com os actuais sistemas informáticos de planeamento de tratamentos, permitem administrar doses cada vez maiores, em volumes de tecido cada vez mais precisos. O uso integrado das mais recentes tecnologias também na verificação do posicionamento durante a irradiação e de rigorosos princípios operacionais permite optimizar a qualidade do tratamento, possibilitando uma melhoria do controlo tumoral associado a menor morbilidade (utilizando maior dose, mas com redução do volume de tecidos sãos irradiados).

Algumas Etiquetas


cirurgia de hemorroida,cricotomia,herpes génital,fissura anal,radioterapia,trinitrato de glicerina,urticaria,leucocitos 14000,meralgia parestésica,cirurgia de hemorroidas.

Tambem podera gostar -