Artigos

DSCF4905 180x180 - Cateterismo dos seios petrosos

Cateterismo dos seios petrosos

Teste que se deve seguir à RM quando esta não mostra qualquer adenoma na hipófise e o nível de suspeita é elevado. Tem uma acuidade no diagnóstico de cerca de 100%.
Um gradiente de ACTH (após a administração de CRH) entre o seio petroso e a periferia >2 aponta para a existência de doença de Cushing.


Warning: DOMDocument::loadHTML(): htmlParseStartTag: invalid element name in Entity, line: 2 in /home/medicina/public_html/wp-content/plugins/wpex-auto-link-titles-master/wpex-auto-link-titles.php on line 30
medicamentos 3 180x180 - Diagnóstico Diferencial da Síndrome de Cushing Devido a Secreção de ACTH e a Síndrome de Cushing Independente de ACTH

Diagnóstico Diferencial da Síndrome de Cushing Devido a Secreção de ACTH e a Síndrome de Cushing Independente de ACTH

Utiliza-se o doseamento de ACTH associado ou não a prova de CRH.
Na síndrome de Cushing independente do ACTH, este <5 pg/ml e a resposta ao CRH não ultrapassa os 10 pg/ml. Já na síndrome de Cushing dependente do ACTH, o doseamento de ACTH é >10 pg/ml, frequentemente >50 pg/ml.

153 180x180 - Prognóstico (Doença de Cushing)

Prognóstico (Doença de Cushing)

Apesar da melhoria no prognóstico nestes últimos anos, os doentes com doença de Cushing (principalmente macroadenomas) têm uma esperança de vida menor que a população geral, sendo que a morte é causada por doenças cardiovasculares.

alzheimer 3 180x180 - Doença de Cushing

Doença de Cushing

A doença de Cushing é a causa mais frequente de hipercortisolismo não iatrogénico.
A incidência é maior no sexo feminino num factor de 8:1 e entre os 20 e 40 anos.
Caracteristicamente são adenomas pequenos, menores do que 1 cm e em cerca de 50% dos casos com menos de 5 mm.

Seus hormonios e seu peso 03 180x180 - Adenoma da SR

Adenoma da SR

Corresponde a cerca de 10% das síndromes de Cushing e é mais comum no sexo feminino. A radiologia evidencia normalmente um tumor capsulado com 1 a 6 cm, onde predominam as células da zona fasciculada.
Estes tumores normalmente secretam apenas cortisol, a presença de androgénios ou de mineralocorticóides deve levantar a suspeita de carcinoma da SR. Assim os andrógenios plasmáticos estão normais ou baixos.
Clinicamente apresenta um início insidioso com hipercortisolismo ligeiro a moderado.
As manifestações restringem-se ao excesso de cortisol e o hirsutismo está ausente.
A terapêutica de eleição é o tratamento cirúrgico com adrenectomia unilateral endoscópica.

CU c3 d01 180x180 - RM da Hipófise (Identifica o Adenoma em 50-60% dos casos)

RM da Hipófise (Identifica o Adenoma em 50-60% dos casos)

Quando a RM evidencia um adenoma da hipófise em doente com hipercortisolismo e ACTH suprimida, a probabilidade de tratar-se de uma doença de Cushing é de quase 100%.
Deve-se ter em conta que 10% da população entre os 20-50 anos tem adenomas (incidentalomas) da hipófise evidentes em RM.


Warning: DOMDocument::loadHTML(): htmlParseStartTag: invalid element name in Entity, line: 1 in /home/medicina/public_html/wp-content/plugins/wpex-auto-link-titles-master/wpex-auto-link-titles.php on line 30
NOW 03344 3 180x180 - Diagnóstico (Síndrome de Cushing)

Diagnóstico (Síndrome de Cushing)

O doseamento do cortisol livre urinário é um método com elevada sensibilidade e especificidade e poucos fármacos além da carbamazepina interferem no teste. Em alternativa é possível avaliar o cortisol livre salivar (cortisol) às 24 horas ou realizar o teste de supressão com dexametasona 1 mg, em que a resposta normal é o doseamento de cortisol sérico <1,8 mg/dl às 8 horas, após a administração de 1 mg de dexametasona na noite anterior.

cushing sintomas 180x180 - Síndrome de Cushing

Síndrome de Cushing

Corresponde a um conjunto de sinais e sintomas resultantes da concentração elevada e crónica de glicocorticóides, independentemente da sua causa.
As causas podem ser divididas em ACTH dependentes e ACTH independentes.
— ACTH dependentes:
• Doença de Cushing (corresponde a cerca de 70% dos casos não iatrogénicos).
• Síndrome de secreção ectópica de ACTH (cerca de 15 a 20% dos casos).
• Tumores produtores de CRH (gangliocitoma do hipotálamo).
— ACTH independentes:
• Iatrogénica (responsável pela maioria das síndromes de Cushing).
• Adenoma da SR (cerca de 10% dos casos).
• Hiperplasia bilateral da SR.
• Carcinoma da SR.