Artigos

medicamentos 2 180x180 - PNEUMONITE INDUZIDA POR FÁRMACOS (Entidades Nosológicas)

PNEUMONITE INDUZIDA POR FÁRMACOS (Entidades Nosológicas)

A utilização pela medicina moderna de enorme variedade de fármacos faz com que a toxicidade pulmonar venha sendo cada vez mais relevante.
Os padrões de apresentação não são sempre idênticos, podendo manifestar-se de diferentes maneiras. O tempo de exposição também é muito variável, com lesões acontecendo com pouco tempo de utilização; outras ao fim de muitos anos. A suspensão da sua utilização pode fazer regredir os sintomas, mas nem sempre isso é verdadeiro, quer pela gravidade (como a indução dum ARDS e falência respiratória aguda), quer pela cronicidade dos efeitos (fibrose pulmonar).

Vacinação Brumado 180x180 - Vacina Antimeningocócica

Vacina Antimeningocócica

A vacina monovalente conjugada é a única disponível em Portugal. Esta vacina associou-se a uma taxa de protecção significativa num estudo observacional realizado no Canadá, na sequência de uma operação de vacinação em massa, com uma redução da incidência de novos casos de 78/100000 horas para 36/100000 horas, com uma efectividade de 96,8%. Em adultos, está indicada tem doentes com asplenia anatómica ou funcional, em estudantes residentes em internatos,, militares durante a recruta e profissionais de saúde com elevado risco de exposição, designadamente trabalhadores de laboratórios de patologia clínica. Neste grupo, está recomendada a administração de uma única toma da vacina, com repetição eventual ao fim de 3 a 5 anos, se as condições de exposição se mantiverem.

tabagismo conheca os riscos do cigarro 180x180 - Consequências do tabagismo

Consequências do tabagismo

Todos os produtos do tabaco são nocivos, não existindo um limiar de segurança de exposição. Atualmente, o consumo de tabaco é um fator major para diminuição da esperança de vida saudável e aumento da mortalidade. É responsável por 1,6 milhões de óbitos por ano na Europa. Um trabalho recente estima em 11,7% as mortes atribuíveis ao tabagismo em Portugal. Se os fumadores abandonassem os hábitos tabágicos, a mortalidade e os anos de vida ajustados por incapacidade seriam reduzidos em 5,8%.
Existe uma vasta lista de doenças provocadas ou agravadas pelo tabaco. Salienta-se o risco relativo aumentado dos fumadores, face aos não fumadores, para patologia cardio e/ou cerebrovascular (HTA, cardiopatia isquémica, acidente vascular cerebral, doença arterial periférica), patologia respiratória (DPOC, pneumonia) e neoplasias malignas (pulmão, cavidade oral, laringe, esófago, bexiga, rim, pâncreas, estômago e colo do útero). O tabagismo está também relacionado com a infertilidade e é o mais importante fator de risco modificável associado a um mau prognóstico na gravidez.
A cessação tabágica proporciona benefícios a curto, médio e longo prazo a todos os fumadores.

Corte o cigarro 180x180 - OUTRAS FORMAS DE DDPP

OUTRAS FORMAS DE DDPP

Dentro das IIP existem várias entidades clínicas raras, mas bem caracterizadas. Incluem-se entre elas a COP, a LIP e a AIP. A tendência atual é excluir deste grupo a RB-ILD, DIP e a LCH, por terem etiologia definida relacionada com a exposição tabágica.

cerivastatina oral 1024x793 180x180 - Diagnóstico (Entidades Nosológicas)

Diagnóstico (Entidades Nosológicas)

Implica o reconhecimento da exposição. O Pneumotox é um site de referência que contém informação atualizada sobre os fármacos potenciais indutores de doença pulmonar e sobre as diferentes formas de apresentação e envolvimento.

sino 180x180 - Laboratório (Entidades Nosológicas)

Laboratório (Entidades Nosológicas)

A presença de anticorpos dirigidos para o agente responsável apenas confirma a exposição. A doença pode existir mesmo sem precipitinas positivas.