Artigos

Foto 1 SES cirurgias de vesícula 180x180 - Indicações Cirúrgicas

Indicações Cirúrgicas

Doentes com um primeiro episódio de pneumotórax espontâneo e com profissão de risco (por exemplo, piloto de aviação) deverão ser referenciados para a cirurgia torácica.
Outras indicações para procedimento cirúrgico e diminuição da probabilidade de recorrência incluem segundo episódio de pneumotórax espontâneo primário homolateral, primeiro episódio de pneumotórax contralateral, e manutenção de drenagem torácica borbulhante 5 dias após a introdução de drenagem torácica.
A videotoracoscopia permite o acesso ao espaço pleural de forma menos invasiva comparativamente à toracotomia, sendo atualmente a técnica preferencial. A intervenção consiste na remoção das bolhas subpleurais e pleurodese (abrasão pleural, pleurectomia parcial ou instilação de talco) para evitar a recorrência. No caso do doente não ter condições cirúrgicas, a pleurodese química com talco poderá ser efetuada através do dreno torácico.

urologia 180x180 - CLÍNICA

CLÍNICA

A apresentação clínica depende da localização, duração e grau de obstrução.
A obstrução do aparelho urinário alto (rim, uréter) pode originar lombalgia com ou sem irradiação ao flanco e região inguinal homolateral. Na fase aguda pode ser acompanhada de náuseas e vómitos. A obstrução crónica pode ser assintomática. Se houver infeção associada pode existir febre, calafrios e disúria; por vezes há hematúria. Em obstruções bilaterais ou em rim único podemos ter situações de uremia, com astenia, edemas periféricos e alterações do estado mental.
A obstrução urinária inferior (bexiga e uretra) pode originar disfunção miccional (com queixas de enchimento e de esvaziamento), com dor suprapúbica e, por vezes, retenção urinária. Pode existir hematúria.