Artigos

papiloma 180x180 - Verrugas Plantares

Verrugas Plantares

A melhor técnica consiste na aplicação de queratolítico, por exemplo, pomada de ácido salicílico a 20 ou 30% em vaselina e sob oclusão com adesivo. Cada aplicação deve ser mantida 24 horas, findas as quais o adesivo é retirado e, após mergulhar o pé em água quente por alguns minutos, toda a parte macerada é raspada com pedra pomes, lima ou lâmina, repetindo-se o procedimento os dias necessários até à cura. É particularmente eficaz nas crianças, resolvendo cerca de 90% dos casos. Em caso de insucesso, pode fazer-se a curetagem cirúrgica num só tempo e após anestesia local, ou a criocirurgia.
A electrocirurgia nunca deve ser realizada nas plantas e, muito menos, a excisão com incisão elíptica seguida de sutura, pelas razões já expostas.

NeuromaCir 180x180 - Tratamento (Neurinoma de Morton)

Tratamento (Neurinoma de Morton)

A utilização de ortóteses plantares apropriadas com barra metatársica retrocapital e a utilização de calçado adequado são extremamente úteis. A injeção local de uma mistura de corticosteróide e anestésico pode levar à cura.
Quando o tratamento conservador falha, recorre-se à cirurgia. A remoção do neurinoma pode deixar sequelas com défice da sensibilidade. Outros métodos de tratamento não traumático para o nervo incluem a libertação do ligamento transverso e neurólise epineural do nervo interdigital.

DSC00374 180x180 - Tratamento (Tendinite e Bursite Aquiliana)

Tratamento (Tendinite e Bursite Aquiliana)

A terapêutica da tendinite aquiliana deve ser iniciada pela eliminação de fatores desencadeantes ou agravantes como a remoção dos fatores traumáticos locais, a correção de eventuais alterações da estática, pelo uso de plantares apropriados, e pelo repouso.
O alívio da dor pode ser conseguido pela utilização de AINEs por via sistémica e local.
A injeção local com corticosteróide só deverá ser feita sob controlo ecográfico, pelo perigo de rutura do tendão de Aquiles.
No caso de bursite aquiliana o procedimento é similar.
Devem ser ensinados exercícios de estiramento dos músculos posteriores da perna e da fáscia plantar (na posição de sentado com os joelhos em extensão, coloque uma banda elástica em torno do pé, puxando o antepé em direção ao joelho; esta posição deve ser mantida durante 10-30 segundos; deve repetir-se cinco vezes por sessão, com duas sessões por dia).
A reabilitação, nomeadamente a utilização de meios físicos, pode ser extremamente útil.
O uso de plantares com elevação posterior, almofadando e elevando o calcanhar, pode aliviar a dor, sobretudo em desportistas (corredores).

dpi px174030 1 180x180 - Terapia ocupacional (Osteoartrose)

Terapia ocupacional (Osteoartrose)

A terapia ocupacional tem, por último, um papel fundamental, tentando corrigir as limitações físicas e/ou psicológicas que o indivíduo apresente. Ao interferir com o doente e com o seu meio ambiente envolvente, pretende promover a proteção articular e a conservação de energia, aumentando simultaneamente a sua autonomia. Demonstrou-se que o uso de calçado confortável, de plantares, de auxiliares de marcha e de utensílios de ajuda para as atividades da vida diária são eficazes na redução da dor e na melhoria funcional.