Artigos

preview009 180x180 - TC E RM

TC E RM

Mais recentemente quer a TC, recorrendo ao sistema helicoidal, ou a urografia por RM, com contrastes próprios, parecem ser uma boa alternativa para o diagnóstico de obstrução, em doentes com dor lombar aguda, com contra-indicação para UIV; segundo alguns autores, a TC é mais sensível do que a UIV na deteção de cálculos do uréter lombar, mesmo sem contraste. Também a RM permite visualizar o local da obstrução e, na maioria dos casos, a sua etiologia. As desvantagens destes últimos estão, por enquanto, ao nível dos custos e da maior duração do exame no caso da RM.

zvmdqbeb 180x180 - Urografia de Eliminação (UIV)

Urografia de Eliminação (UIV)

A urografia pode fornecer informações anatómicas não só do local da estenose ou da anomalia, mas também funcionais, relacionadas com a dinâmica da obstrução quando se recorre, como é hoje o caso, a vídeo-urografia digital. Na urografia da obstrução aguda, o nefrograma é típico e seguido de um atraso significativo do preenchimento do sistema coletor com contraste. Há dilatação do sistema coletor e por vezes com aumento das dimensões renais. É possível haver rutura dos fórnices, com extravasão de urina, desaparecendo nesta situação a dilatação. Na obstrução crónica há, habitualmente, dilatação e tortuosidade do uréter, com acumulação de contraste no seu interior, até ao ponto de obstrução; pode haver diminuição da espessura do parênquima renal sempre que se trata de uma situação arrastada no tempo.
Não deve ser efetuada com valores elevados de creatinina.

dolor piedras riñon renales calculos sin cirugia minima invasiva guadalajara 180x180 - OBSTRUÇÃO DO URÉTER E DA JUNÇÃO URETERO-VESICAL

OBSTRUÇÃO DO URÉTER E DA JUNÇÃO URETERO-VESICAL

Quase tudo o que foi dito para a estenose da junção pieloureteral é válido para o uréter restante. Múltiplas podem ser as situações que originam obstrução desta porção do excretor. Dentro das congénitas temos a considerar: hipertrofia de glândulas mesentéricas, uréter retrocava, estenose congénita e megauréter primário. Das causas adquiridas destaca-se a litíase, a fibrose retroperitoneal e o tumor do urotélio, para além de todo e qualquer processo inflamatório, infecioso, tumoral ou traumático da vizinhança do retroperitoneu ou intraperitoneal por extensão, enão só, pois Patologia de outros órgãos pode igualmente afectar o retroperitoneu – tumor do testículo, próstata, útero, pâncreas, estômago, etc.

urologia 180x180 - CLÍNICA

CLÍNICA

A apresentação clínica depende da localização, duração e grau de obstrução.
A obstrução do aparelho urinário alto (rim, uréter) pode originar lombalgia com ou sem irradiação ao flanco e região inguinal homolateral. Na fase aguda pode ser acompanhada de náuseas e vómitos. A obstrução crónica pode ser assintomática. Se houver infeção associada pode existir febre, calafrios e disúria; por vezes há hematúria. Em obstruções bilaterais ou em rim único podemos ter situações de uremia, com astenia, edemas periféricos e alterações do estado mental.
A obstrução urinária inferior (bexiga e uretra) pode originar disfunção miccional (com queixas de enchimento e de esvaziamento), com dor suprapúbica e, por vezes, retenção urinária. Pode existir hematúria.

rim 180x180 - Obstrução Pieloureteral

Obstrução Pieloureteral

Seguramente a anomalia congénita da transição pieloureteral é a forma de apresentação mais comum na prática clínica; quase sempre diagnosticada na criança, não é raro o seu achado no adulto.
As causas podem ser várias: no caso das congénitas admite-se que há perturbação da condução do estímulo elétrico responsável pela peristalse pieloureteral, outras como a existência de cruzamentos vasculares ou vasos anómalos, fibrose peri-ureteral e alterações da parede do uréter secundárias a processos inflamatórios, infeciosos ou outros são responsáveis pelas ditas secundárias.
É caracterizada por uma dilatação (de grau variável e por vezes intermitente) do bacinete e dos cálices, não raramente associada a sintomatologia dolorosa que pode chegar à cólica renal. O quadro pode ser mais exuberante em situações de ingestão abundante de líquidos. A função renal pode, ou não, estar afetada, dependendo do grau de obstrução e do tempo de evolução. A existência de obstrução pode facilitar o aparecimento de infeção do aparelho urinário e ou de cálculos com o seu encravamento a este nível.