hand_eczema1348715395739
Terapêutica Inespecífica (Eczema)

Inclui medidas tais como a eliminação de factores desencadeantes ou agravantes, e as terapêuticas gerais não específicas, em especial a aplicação de hidratantes e emolientes.
Da maior importância é a redução dos factores irritantes locais:
– Vestuário – evitar o contacto com lãs, fibras e outros materiais ásperos directamente com a pele, os quais, por haver diminuição de limiar de prurido, desencadeiam sensação de picada e prurido que conduz à coceira. De igual modo, deverá evitar-se o uso excessivo de agasalho, que possa provocar calor e transpiração.
– A lavagem da pele deve ser feita de modo suave, evitando as lavagens frequentes e prolongadas, a utilização de água muito quente e de produtos de lavagem com sabão, o uso de esponjas, luvas ou métodos abrasivos semelhantes.
– A permanência em ambientes aquecidos com baixo grau de humidade (ar condicionado) agrava a xerose cutânea, com o consequente aumento da irritabilidade cutânea.
—> O stress, a ansiedade e a depressão diminuem o limiar do prurido, pelo que a administração de ansiolíticos poderá ter indicação em situações pontuais. O repouso físico e da pele tem efeito benéfico inegável. Neste inclui-se a utilização de ligaduras, de luvas, meias e outros métodos, tendentes a diminuir a irritação mecânica (pelo atrito ou fricção) a que a pele lesada possa estar submetida.
—> Os hidratantes (contêm substâncias que aumentam o conteúdo em água da epiderme, mediante a fixação desta nas camadas mais superficiais) e os emolientes (contêm substâncias que provocam oclusão, diminuindo deste modo a perda transepidérmica de água) visam corrigir a xerose e a barreira cutânea alterada e devem ser utilizados continuadamente, independentemente da fase evolutiva da dermatose. A sua acção é particularmente eficaz se forem utilizados após o banho.
—> A importância da dieta é polémica. Se na primeira infância podem desempenhar algum papel desencadeante ou agravante do EA, em crianças mais velhas e na idade adulta o seu interesse é negligenciável. Os alimentos mais frequentemente implicados têm sido o leite, clara de ovo, frutos secos, peixe, marisco, trigo, os quais deverão ser evitados nos casos pontuais de evidente agravamento com alimentação.
—> Quanto aos aeroalergénios, em especial os ácaros do pó da casa, a importância é variável, podendo assumir um papel nos EA do adulto, com manifestações predominantes nas áreas expostas – face, membros, decote. A eliminação destes, mediante aspiração conveniente, utilização de coberturas antiácaro para colchões e almofadas e eliminação de alcatifas e tapetes no quarto de dormir, tem provado ser benéfica na evolução do EA em alguns doentes.

Algumas Etiquetas


cirurgia de hemorroida,cricotomia,herpes génital,fissura anal,radioterapia,trinitrato de glicerina,urticaria,leucocitos 14000,meralgia parestésica,cirurgia de hemorroidas.

Tambem podera gostar -