como-funcionan-los-antibioticos-1_0
Terapêutica Sistémica Hormonal Anti-Androgénica

Esta terapêutica é particularmente útil nas mulheres com outros sinais de hiperandrogenia associados, nas mulheres jovens em que seja considerada a contracepção oral, e nas mulheres pós-menopáusicas, quando a terapêutica de substituição hormonal seja adequada. A resposta é geralmente lenta e consiste, basicamente, na paragem da evolução da alopecia.
—> AC (acetato de ciproterona) – é um potente inibidor das gonadotrofinas, diminuindo a síntese glandular de androgénios, para além de ser um inibidor competitivo da DHT ao nível do receptor citosólico, nas células alvo periféricas.
Com o objectivo de estabilizar o ciclo e de proporcionar a necessária protecção contraceptiva, o AC é administrado nas doentes seleccionadas em tratamento cíclico combinado com um estrogénio (35 ug de etinilestradiol) ou com uma associação estroprogestagénica de contracepção de baixa dosagem. Do 5.° ao 14.° dias do ciclo administra-se 25-100 mg de AC, e do 5.° ao 25.° dias uma associação de 2 mg de AC e etinilestradiol ou uma associação estroprogestagénica. Nas mulheres pós-menopáusicas ou histerectomizadas, o tratamento é feito apenas com AC na dose de 25-50 mg por dia em ciclos de 21 dias de tratamento, seguidos de 7 dias de pausa.
Em cerca de 10% dos casos há necessidade de suspender a terapêutica devido à ocorrência de efeitos secundários. Pode surgir hepatotoxicidade com doses iguais ou superiores a 100 mg.
—> Espironolactona – a espironolactona é um anti-hipertensor antagonista da aldosterona que simultaneamente possui actividade anti-androgénica. Inibe a biossíntese ovárica de androgénios e é um inibidor competitivo da DHT, bloqueando os receptores de androgénios. Utiliza-se na dose de 50 a 200 mg/dia. O seu uso pode ser limitado pelos seus efeitos secundários, nomeadamente hipercaliemia, irregularidades do ciclo menstrual, tensão mamária, náuseas e depressão. Os resultados são melhores se em associação com uma combinação estroprogestativa contraceptiva. Está contra-indicada em casos de meno ou metrorragias, gravidez, lactação, insuficiência renal e hipercaliemia.

Algumas Etiquetas


cirurgia de hemorroida,cricotomia,herpes génital,fissura anal,radioterapia,trinitrato de glicerina,urticaria,leucocitos 14000,meralgia parestésica,cirurgia de hemorroidas.

Tambem podera gostar -