Terapêutica Transuretral

O alprostadil, para além de administrado intracavernosamente, também pode ser utilizado por via transuretral (Muse). Introduzido sob a forma de um pequeno comprimido, através de um aplicador especial, a absorção do fármaco através da mucosa da uretra é rápida, sendo facilitada se o doente rola o seu pénis entre as palmas das suas mãos durante cerca de 1 ou 2 minutos. Estudos clínicos demonstram o início de acção ao fim de cerca de 7 minutos, com efeito maior entre os 15 e os 20 minutos e com uma duração total de cerca de 1 hora. A dose a usar varia entre 125 a 1000 ug. As doses mais baixas são especialmente úteis em doentes com patologia neurológica, nomeadamente após cirurgia pélvica radical. Uma resposta boa ou satisfatória é obtida em 60 a 65% dos casos. O mais comum efeito secundário, em cerca de 30% dos doentes, é a dor uretral (Howton, 1998). A ocorrência de erecções prolongadas nunca foi referida.

Algumas Etiquetas


cirurgia de hemorroida,cricotomia,herpes génital,fissura anal,radioterapia,trinitrato de glicerina,urticaria,leucocitos 14000,meralgia parestésica,cirurgia de hemorroidas.

Tambem podera gostar -