1184
Tratamento (Foliculite)

É fundamental a correcção dos factores predisponentes, como a sudação, maceração, o atrito e a fricção, a aplicação indevida de corticosteróides tópicos, bem como de eventuais doenças subjacentes, como a diabetes.
Em caso de dúvida deverá efectuar-se exame bacteriológico de pústula, para correcta identificação do agente etiológico.
A foliculite superficial responde bem à desinfecção local (por exemplo, com povidona iodada) e à aplicação tópica de antibióticos como o ácido fusídico, a solução de clindamicina a 1% ou eritromicina a 2%. Nas situações mais extensas e graves, com lesões mais profundas e disseminadas, deverá recorrer-se à antibioterapia sistémica – amoxicilina + ácido clavulânico, flucloxacilina, macrólido – ou de acordo com exame bacteriológico.
Nas situações de recorrência deverá excluir-se a presença de Staphylococcus aurem nas fossas nasais do doente e dos contactantes, e fazer tratamento tópico em conformidade – aplicação de pomada de ácido fusídico ou outro antiestafilocócico.

Algumas Etiquetas


cirurgia de hemorroida,cricotomia,herpes génital,fissura anal,radioterapia,trinitrato de glicerina,urticaria,leucocitos 14000,meralgia parestésica,cirurgia de hemorroidas.

Tambem podera gostar -