maxresdefault (17)
Tratamento (Furúnculo)

A correcção ou equilíbrio da doença subjacente e de outros factores predisponentes é fundamental nos casos recidivantes.
A desinfecção local com solutos antissépticos, a incisão e drenagem da lesão, quando esta se torna mole e flutuante, é suficiente no furúnculo esporádico.
Os casos recidivantes (furunculose) são de mais difícil controlo. Dever-se-á, sempre que possível:
1) Proceder à correcta identificação do agente causal, bem como ao estudo da sensibilidade antibiótica.
2) Efectuar terapêutica antibiótica prolongada – doxiciclina (100 mg/dia), flucloxacilina (2-3 g/dia), amoxicilina + ácido clavulânico (2-3 g/dia) ou de acordo com o antibiograma.
3) Aplicação tópica de antibiótico nas fossas nasais do doente e contactantes, pois estas constituem local de colonização estafilocócica.
4) Avaliação da situação clínica geral do doente.
5) Medidas higiénicas gerais – banho diário utilizando soluto antisséptico (por exemplo, povidona iodada), mudança diária de roupa que deve ser lavada em água quente, separação de toalhas, etc.

Algumas Etiquetas


cirurgia de hemorroida,cricotomia,herpes génital,fissura anal,radioterapia,trinitrato de glicerina,urticaria,leucocitos 14000,meralgia parestésica,cirurgia de hemorroidas.

Tambem podera gostar -